10 aspectos de um falso profeta

282
visualizações
Classificar artigo

 

O pastor, pregador, “Apóstolo” pode fazer chover milagres do começo ao fim do culto, mas lembre-se, que ser uma pessoa usada por Deus, é diferente de ser uma pessoa de Deus.
Jesus disse que nos últimos dias iriam surgir falsos profetas, isso tem acontecido, mas ninguém nota. Todo mundo vê sinais da volta de Jesus na natureza, mas ninguém vê sinais da sua volta dentro das igreja.
Veja os aspectos de um falso profeta:

1- Faz do púlpito um palco de shows

A exposição da Palavra é esquecida e substituída pelo talento hollywoodiano desse pastor, que explora as mais diversas técnicas paracativar os seus expectadores, fazendodo show o protagonista do culto. Ele éa estrela e não Cristo e Sua palavra. Seu púlpito é lugar de entretenimento, de show, e não de pregação, de transmissão da voz de Deus.

2- Explora financeiramente as ovelhas

Esse pastor é muito ambicioso e tem planos de crescimento. Porém, para a realizaçãodos seus planos, precisa de muito dinheiro. E esse dinheiro é retirado dasovelhas, através das mais diversas técnicas de extorsão (legais). Ele não liga para o que a Bíblia ensina e inventa formas de arrecadação para realizar seus sonhos megalomaníacos.As ovelhas são iludidas, exploradas e sugadas até a última gota que podem dar.

3- Insiste em querer fazer a agenda de Deus

Um pastor que quer determinar lugar, dia e hora para Deus agir. Segunda: Deus age na família; terça: nas finanças; quarta: Deus dá o Espírito Santo; quinta: Deus faz conversões e sexta: Deus liberta as pessoas de demônios. Deus agora está preso em uma agenda criada pelo homem?

4- Ilude as pessoas com amuletos, objetos ungidos e unções que não vem de Deus

Esse pastor escraviza pessoas em crendices e superstições que não são encontradase ordenadas na Bíblia. Desvia a fé que deveria ser unicamente no Deus soberano para objetos e unções (falsas) e extravagantes. Trabalha com a ilusão, hipnose, com a ambição, com a falta de conhecimento de muitas das ovelhas que lhe ouvem.

5- “Profetiza” o que Deus não mandou profetizar

Usa sua influência sobre as pessoas para “profetizar” e “revelar”. Porém, não usa a Bíblia, que é a revelação e é onde se encontram as profecias de Deus para a vida de seus servos.

6- Faz com que seus fieis o adorem

Ele é visto como um semi-deus pelos seus fieis. O pior de tudo é que não faz nada para mudar essa situação, pois adora ser paparicado, adora status, adora demonstrar seu grande “poder” e ser ovacionado pela multidão. Seu prazer é ver multidões afluindo em sua direção com desejo de glorificá-lo.

7- Usa o dinheiro dos dízimos e ofertas para seu próprio enriquecimento

Esse pastor-empresário é formado e pós-graduadoem enriquecimento usando a igreja. Tem fortuna e bens luxuosos, tudo adquirido com a ajuda das ofertas da igreja que, tenta mostrar humildade, atraves de até mesmo uma roupa, mas não possui caráter,  segundo diz ele, é usado para a obra de Deus. Ele engana multidões que bancam sua vida de ostentação.

8- Prega a teologia da prosperidade

Um pastor que diz que pobreza é maldição, que o crente verdadeiro será reconhecido pela sua prosperidade material, e outras abobrinhas sem embasamento bíblico. Se a Teologia da prosperidade é um câncer, esse pastor é um espalhador de doenças no meio do povo.

9- Usa versículos isolados da Bíblia

para fundamentar doutrinas destruidoras =Esse pastor adora inventar doutrinas usando versos bíblicos isolados, cuja interpretação isolada, sem considerar contextos e outras boas regras de interpretação, favoreça seus pensamentos e desejos.

10- [acha] que determina a ação de Deus

É uma piada dizer que um homem determina algo ao Todo-Poderoso, mas essa ousadia acontece. Palavras ousadas saem da boca desse pastor determinando, ordenando, exigindo que Deus faça determinadas coisas que, segundo ele, Deus tem de fazer. Coitado, não tem nem noção da besteira que faz! E o pior: ensina as pessoas a agirem também assim!

Encurtador de link: http://bit.ly/2idVBe7